Agenda

Idealizado pelo compositor Rodrigo Reis e dirigido pela documentarista independente Tania Campos, o longa com duração de 90 minutos, é um registro da pesquisa e do processo composicional do concerto "ECO”, apresentado em outubro de 2016 no Instituto de Artes (IA) da UNESP, na capital.

Na obra Rodrigo Reis utilizou elementos como galho de árvore, apitos ornitológicos e motosserra para fazer uma dura crítica às políticas ambientais vigentes e exaltar a natureza e a vida. Além disso, investiu na linguagem da performance corporal e vocal para expressar e dar visibilidade a valores eco-ético-estéticos.

Em diálogo com os pensamentos de Nietzsche, Deleuze e Guattari; com a estética da Crueldade de Artaud e em sintonia com as propostas da Taanteatro Cia, o filme mostra os laboratórios de corpo-voz em Glossolalia Intensiva conduzido para 18 performers.

Em ressonância com o microtonalismo do compositor Giacinto Scelsi e na trilha de Bernie Krause, o filme mostra o projeto bioacústico de gravações da fauna na região serrana do sul de Minas Gerais, onde os cantos de 18 aves foram transcritos em partituras e orquestrados.

De acordo com Reis, a comunicação com o público em geral sempre foi uma de suas preocupações face a uma linguagem tão hermética como é a da música contemporânea. Desta forma, o documentário apresenta "ECO” de uma forma didática, explicativa e acessível a todos os interessados.

Cinema 12 anos

TAGS

Programação para sua cidade