Agenda

O solto teatral ESPELHOS, transcrição cênica dos contos homônimos O espelho, de Machado de Assis e Guimarães Rosa, promove um diálogo inédito no palco entre os maiores escritores brasileiros e rendeu ao ator  Ney Piacentini a indicação ao Prêmio de Melhor de 2016 pela APCA (Associação Paulista de Crítica de Artes).

ESPELHOS com Ney Piacentini
Contemplado pelo Prêmio José Renato de Teatro (da Secretaria Municpal de Cultura de São Paulo), ESPELHOS estreou em 20/10/2016 na Oficina Cultural Oswald de Andrade na capital paulista, com ótima repercussão de público e crítica, obtendo a indicação ao Prêmio de Melhor Ator de 2016 – Ney Piacentini – pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Em dezembro de 2017 a peça se apresentou no Teatro da Cia do Feijão (tendo cumprido uma segunda temporada no mesmo espaço) e, selecionado pelo Edital de Incentivo à Leitura em Biblioteca do Proac-SEC/SP, o espetáculo abriu o Projeto Teatro na Biblioteca Mário de Mário de Andrade em fevereiro de 2018 e em seguida se apresentou no Sesc de Ribeirão Preto. Tem viagem marcada para o Chile em outubro deste ano, a convite da Escena Independiente e também participará do FISGO – Festival Internacional de Solos de Gioânia/GO, entre outras mostras e festivais.  

"Um dos mais harmoniosos encontros entre literatura e teatro a que se tem assistido em nossos palcos.” José Cetra Filho (crítico integrante da APCA, no livro Palco paulistano: Do golpe ao golpe - 1954-2017)
"Sem dúvida um espetáculo irrepreensível, de uma delicadeza incomum!”  Maurício Mellone (crítico do blog Favo do Mellone)

"Espelhos é um passeio em uma biblioteca das imperdíveis reflexões guardadas nas estantes do país.” Kyra Piscitelli (crítica do site Aplauso Brasil)

Ficha Técnica:
Autores: Machado de Assis e Guimarães Rosa
Atuação: Ney Piacentini
Cenografia: Marisa Bentivegna
Figurinos: Fábio Namatame
Trilha sonora: Miguel Caldas
Iluminação: Paulo Barcellos
Operação de som, programação visual: Paulo Fávari
Fotos: João Caldas e Paulo Fávari e João Maria Silva Júnior
Apoio: Alexandre Kavanji.

Teatro 14 anos

TAGS

Programação para sua cidade