Agenda

Em agosto de 2018, Joinville irá receber um presente para o grande público: dois dias recheados de programações culturais, vivências e diálogos com as manifestações populares da Baía Babitonga. O evento será focado em algumas das comunidades indígenas, negras e açorianas que se encontram no entorno da Baía Babitonga, das cidades de São Francisco do Sul (Coral Indígena), Joinville (Afoxé e Maracatu), Araquari (Terno de Reis e Dança São Gonçalo) e Balneário Barra do Sul (Coral da Fundação Cultural com Boi de Mamão).

Durante a tarde, o festival iniciará com a feira que receberá artesanato indígena-guarani, açoriano, acessórios influenciados pela cultura afro-brasileira e alimentos da terra. Seguindo com o encontro, serão apresentados 15 jogos com foco na cultura brasileira (O Jogo da História), por meio dos jogos da herança africana e da ancestralidade dos povos nativos das culturas TupiGuarani com o educador e escritor Jorge Hoffman.

Seguindo durante a tarde o festival irá oferecer oficinas de Música e Dança relacionadas às manifestações locais. Também haverá rodas de conversa com membros de aldeias Guarani e comunidades negras da região, com o propósito de apresentar a forma de vida, valores, e cultura destas comunidades.

No início da noite se iniciam as apresentações musicais, que contarão com cortejo e shows no teatro do Sesc em Joinville, apresentando os grupos tradicionais que irão compartir o palco com apresentações de artistas atuais cujas obras são influenciadas pela cultura popular. O Festival Aldeia de Todos os Cantos teve sua primeira edição em 2013 na cidade de Joinville, idealizado e realizado por Ana Paula da Silva. O evento contou com inúmeros shows, oficinas e encontros musicais, por três anos consecutivos. Em 2018 o Festival Aldeia de Todos os Cantos retorna para prestigiar, apresentar e salvaguardar a cultura da Babitonga. Uma grande oportunidade de (re)conhecer, experimentar, conviver e se conscientizar da importância destas comunidades para nossa região e honrar suas manifestações que tanto nos influenciam e nos remetem ao povo Brasileiro.

Este maravilhoso encontro é resultado do trabalho realizado em 2017 pelo projeto Babitonga Ativa/UNIVILLE, que visa entre outros temas, valorizar o patrimônio cultural material e imaterial que envolve a baía. O evento de 2018 contará com uma vasta programação contendo shows, oficinas, feira, diálogos e vivências nos dias 11 e 12 de agosto no Sesc em Joinville, parceiro do evento. Toda a programação será gratuita. Quem assina a produção cultural é a Crioula Brasil Produções (que tem como responsável a produtora, compositora e cantora joinvilense Ana Paula da Silva) em parceria com o Projeto Babitonga Ativa/Univille.

Apresentação 10 anos

TAGS

Programação para sua cidade